8.1.08

Não posso fugir...

Há algo em meu peito que não entendo, nem consigo expressar. Pulsa em mim muitas vezes o desejo de alcançar os extremos do mundo. O fato é que fui atingido, alcançado, marcado, selado, separado. Estremeço diante da real chance de minhas más escolhas, pois já senti na pele, no coração e na alma o que podem fazer, e aonde podem me levar. Mas não me paraliso. Definitivamente não. Quem me alcançou consegue, dia após dia, momento a momento, aumentar minha sede, elevar meu rosto e coração, inundar-me de alegria profunda e verdadeira e, de maneira impressionante, fincar meus pés no chão. Sei que voar é para anjos...

Como havia alertado, não conseguirei traduzir o que se passa aqui. Portanto, precisarei me utilizar de uma expressão que reluto tanto em ouvir, em acolher, mas da qual hoje não consegui mais escapar. Impressiona-me como é inexorável essa -- por mim -- tão combatida verdade. Não há como fugir. De fato, sou de Deus.

Até já quis fugir. Já caí. Levantei, quis voar e caí de novo. Mas, em tudo isso, sou de Deus. Tudo o que há em mim só encontra sentido Nele, para Ele, por Ele, com Ele. Gostaria de colocar isso de forma mais concreta, mas não consigo deixar de reconhecer sua presença mais que sólida e real na minha vida, em como, de más escolhas, fez-me ir mais longe do que eu nem ousaria imaginar.

Há algo em meu peito que não entendo, nem consigo expressar. Como alguém tão teimoso e cabeça-dura se tornou um "homem de Deus"? Não foi de repente. Não foi sem dor.

Parece que tudo quer se repetir, Senhor. Mas não temo. Se antes o teimoso obteve graça sem fim, hoje o "homem de Deus" sabe, de antemão, que conta com ela.

Faça-se a tua vontade, Senhor. E basta.

3 comentários:

Narlla Sales disse...

Deus nunca se ausenta, nunca desiste e não muda...
Tem coisas na vida que são verdades, outras, busca e caminho para a verdade ou simplesmente, mentiras. O que ainda não é certo, que seja iluminado e não descanse enquanto não for selado pela verdade de Deus.
Que vc nunca consiga expressar na totalidade o que se passa aí dentro quando o assunto é "o que Deus faz"... rs
E o que já é certo, sua pertença e consagração, seja firmado pelo concreto da vida, sabores e sentidos que Deus permite experimentar. Afinal... O eterno e o transitório só têm sentido Nele, não é mesmo? ;-)

Mi disse...

Entendo sim, Milo... E como entendo...

Parar os questionamentos torna-se a incoerente braçada contra-maré. Ao invés de pará-los, que tal darmos uma chance a eles? Aderí-los à nossa trajetória? Dar uma chance para o Amado que já revirou toda areia de nossa vida?

Do por quê ao para quê existe uma estrada dolorida, mas que ao menos desembocará em algo sólido...

Conte comigo. Contemos com as bases desta vocação, mais sólidas que nossas 'cabeças duras'... Rs.


Shalom, Mi.

Anônimo disse...

Isso me fez lembrar de uma música:

"Bem que eu tentei, lutei contra o Teu imenso amor. Tanto errei, voltei e agora aqui estou.
Se o Teu olhar me encanta,Senhor, se o Teu cuidado me envolve de amor, O que fazer, o que pensar, o que dizer senão:
Que eu Te amo e sempre vou Te amar. Que eu Te amo, deixei-me conquistar.
Sou tão fraco e pecador, mas eu sei bem que és Senhor.
Tudo podes fazer, tudo podes fazer em mim."

Não esqueça: "A oficina de Deus é a vida, mas é fundamental mantermos a fonte da graça jorrando a fim de que o homem novo possa formar-se, prevalecer e vencer" (ECCS)

Não fique parado nunca!! TUDO é formação, de TUDO Deus tira um bem!!

Fique com Deus
Pati